A diferente reação dessas pessoas com negros e brancos

Um experimento feito através de 2 grupos que deveriam interpretar algumas fotos escancara a cultura do racismo no Brasil, vídeo foi divulgado pelo governo do Paraná.

Vídeo divulgado nesta quinta, dia 17, pelo governo do estado do Paraná mostra a diferença de interpretação entre 2 grupos diante de um teste com as mesmas fotos mas com pessoas de tom de pele diferentes, o experimento escancara a cultura de racismo existente no Brasil enraizada desde a época da escravidão mas que infelizmente ainda permanece forte até os dias de hoje, onde pessoas negras estão em visões bem opostas se comparadas com pessoas brancas. Diante desse fato o vídeo mostra alguns dados alarmantes: Segundo o IBGE 82,6% dos negros afirmam que a cor de pele influencia na vida profissional, já segundo o DIEESE negros geralmente ganham 37% menos que os brancos, outra estatística relatada no jornal Folha de São Paulo é que negros ocupam apenas 18% dos cargos de liderança e, segundo o DIEESE, são a maioria dos desempregados com cerca de 60,6%.  A descrição do vídeo é clara: “Chega de fingir que é normal!”

 

Governo do estado do Paraná explica a ação: “O Teste de Imagem é um experimento real, que aconteceu na noite do dia 10/11 em uma sala de Focus Group, em Curitiba. Participaram do teste profissionais de RH reais, que foram divididos em dois grupos distintos e emitiram opiniões espontâneas às imagens apresentadas pelo mediador do experimento”, relatou na rede oficial.

 

Ação faz parte de uma campanha de denúncia contra o racismo que pode ser feita através do Disque 100 ou do site  do governo.

*Se deseja informar algum erro, adicionar alguma informação que agregue a este conteúdo ou alertar sobre direito autoral infringido por favor CLIQUE AQUI, agradecemos desde já a contribuição.

    comentar:

    Política de comentários:

    Faça o bom uso desse espaço, de forma respeitosa. Comentários anônimos não serão permitidos, ou os que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. A configuração de comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos e etc. serão excluídos pelos moderadores do site sem aviso prévio diante análise interna. Não são permitidos links e propaganda de produtos e serviços.